Sobre o Meu Malvado Favorito 3

Mais um filme para toda família aproveitar e rir, mães, pais e crianças. Meu Malvado Favorito 3 segue a linha dos outros desenhos da série, com tiradas voltadas ao público adulto, sem deixar de ter a temática e o enredo infantil. A dublagem do novo vilão Balthazar Bratt por Evandro Mesquita junto com a sua […]
Estreia hoje no cinema.

Mais um filme para toda família aproveitar e rir, mães, pais e crianças. Meu Malvado Favorito 3 segue a linha dos outros desenhos da série, com tiradas voltadas ao público adulto, sem deixar de ter a temática e o enredo infantil.

A dublagem do novo vilão Balthazar Bratt por Evandro Mesquita junto com a sua trilha sonora dos anos 80 promete agradar adultos que nasceram ou são saudosistas dessa época. Eu confesso que adorei!

Gru, com a descoberta do irmão gêmeo Dru, retomam o conflito do primeiro filme entre ser vilão ou não. Já Dru é a versão cabeluda, despachada e animada de Gru.

Depois do sucesso do desenho minios, as pequenas criaturas amarelas têm ainda mais destaque no filme. Com várias cenas e praticamente uma história a parte para eles durante a trama.

O trio Agnes, Margo, Edith (filhas de Gru) também recebem destaque no filme e tiram boas risadas dos espectadores. Agnes e sua fixação por unicórnios traz boas esquetes.

O filme tem várias cenas de ação intercaladas com a história dos minios e das questões enfrentadas pelas filhas de Gru e sua nova mãe Lucy.  

Trailer

Sinopse Meu malvado favorito 3

Nos anos 1980, Balthazar Bratt fazia muito sucesso através de sua série de TV, onde interpretava um vilão chamado EvilBratt. Entretanto, o tempo passou, ele cresceu, a voz mudou e a fama se foi. Com a série cancelada, Balthazar tornou-se uma pessoa vingativa que, nas décadas seguintes, planejou seu retorno triunfal como vingança. Gru e Lucy são chamados para enfrentá-lo logo em sua reaparição, mas acabam sendo demitidos por não terem conseguido capturá-lo. Gru então descobre que possui um irmão gêmeo, Dru, e parte com a família para encontrá-lo no país em que vive.

 

* Malu Naves é jornalista e foi convidada pela distribuidora para assistir ao filme na cabine de imprensa.

comentários

Deixe uma resposta