Aprender por meio do brincar, maior presente que você pode dar ao seu filho

Imagem ilustrativa
Imagem: Pixabay

Brincar é o trabalho para as crianças em fase pré-escolar (2 a 6 anos) da mesma forma que tocar um instrumento é o trabalho para os músicos. A brincadeira possibilita o desenvolvimento do pensamento, da fala, da comunicação, da identidade entre outros áreas. A fonoaudióloga Larissa Craveiro aponta alguns aspectos interessantes do tema: promover oportunidades de aprendizado através do brincar.

Segundo ela, as crianças na pré-escola aprendem em primeiro lugar pelas mãos e através de experiências com essa parte do corpo. Elas aprendem por meio do fazer e do pensamento dos seus sentidos, por exemplo vendo, ouvindo, cheirando e tocando.

As crianças na fase pré-escolar aprendem através dos relacionamentos com os pais, irmãos, família, professores e outras crianças da escola e de seu convívio. Larissa ressalta que como os adultos fazem a criança se sentir é mais importante de o que o adulto fala para ela.

Várias brincadeiras podem promover ótimas oportunidades de aprendizado para a criança. Brincar vira uma atividade quando o líder (de preferência um adulto) usa a brincadeira com o propósito de ensinar. As atividades incluem blocos, artes, quebra cabeças, objetos de manipulação, natureza, livros, fotos, figuras e música.

Entenda algumas atitudes infantis:

  • Crianças aprendem mais através de ações do que através de palavras.
  • Através da brincadeira com o outro, a criança pode aprender a cooperar, negociar, ter responsabilidade, respeitar a opinião do outros, não concordar, resolver problemas, seguir ordens, esperar a vez e repartir.
  • As crianças também aprendem através da repetição e da prática. Muitas amam ler alguns dos mesmos livros e brincar com alguns dos mesmos jogos de encaixe várias e várias vezes. Ter algum tipo de familiaridade tanto com o brinquedo como com o livro no seu dia a dia garante e favorece a segurança dessa relação.
  • É através do brincar que se estabelecem os primeiros contatos e interações sociais, proporcionando segurança para essas atitudes no cotidiano e vida futura dentro da sociedade.

A importância do brincar

Na fase pré-escolar as crianças aprendem melhor em um ambiente tranquilo, no qual elas se sentem seguras, protegidas, respeitadas, bem recebidas e amadas.

  • Brincar da à criança a possibilidade de usar símbolos e de representar o seu mundo de uma variedade de formas (desenvolvimento da habilidade essencial de Comunicação)
  • Brincar promove a criação da flexibilidade do pensamento (essencial para o aprendizado do pensamento)
  • Brincar auxilia a criança a construir seus conhecimentos (pensamento)
  • Brincar favorece as habilidades sociais e de linguagem (comunicação, identidade, e interdependência).
  • Brincar ajuda a criança a agir além de seus níveis usuais, ao estabelecer um desenvolvimento complementar – a criança é exigida além do aprendizado anteriormente dominado.

Aspectos relevantes:

o Crianças aprendem melhor quando estão envolvidas na iniciação e negociação de seu próprio aprendizado, o qual é melhorado e suportado por interações positivas e desafiadoras.

o Crianças quando encorajadas a desenvolver habilidades de vida diária, favorece o senso de flexibilidade e otimismo.

o Crianças necessitam de espaço e tempo sem interrupção para aumentar as oportunidades de aprendizado através do brincar (espaço para ficar sozinho, com um amigo, com um grupo de amigos ou para esperar por outros).

Fonte: O artigo foi baseado no texto da fonoaudióloga Larissa Craveiro que há 14 anos trabalha e estuda o comportamento e o desenvolvimento de crianças na fase pré-escolar. Ela também é mãe e tem três filhos.

Mais informações:
Larissa Naves Craveiro
Fonoaudióloga – CRFa. 6847 –DF
(61) 8408-9344 (61)3242-8859
alarissacraveiro@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.