Qual a melhor idade para ir à Disney?

família no almoço com o Mickey em Orlando
Vovó Elvira e seus netos no brunch com o Mickey!

Quando me perguntavam qual a melhor idade para ir à Disney? Eu respondia quanto mais velho melhor. Porém, depois de ir com um grupo de 24 pessoas com idades tão diferentes, acredito que em todas faixas etárias vale a pena. Nos grupo tínhamos uma bebê de 1 ano e meio, adolescentes (12 e 14 anos), jovens entre 19 e 25 anos e os mais experientes entre 35 e 70 anos. Em cada idade é possível curtir uma atração diferente e emocionante para a faixa etária. O que deve pesar na hora da decisão é a animação da pessoa e suas companhias.

Os destaques da nossa viagem foram exatamente a mais nova (minha filha) e a mais experiente da turma, minha mãe. Elas se divertiram e se encantaram com tudo. Até ficar nos esperando era uma diversão para elas. Em algumas atrações a pequena não podia ir em razão da altura, lá eles são rígidos com a questão da segurança. Aí, nos revesávamos para ficar com ela esperando do lado de fora. Mas o tempo passava muito rápido, porque era delicioso ver ela se divertindo com pequenas coisas ou até observando o que para ela era novidade.

Fomos a nove parques entre eles: os quatro principais da Disney, Universal, Island of Adventure, Legoland, Sea World e Buch Gardens. E fiquei impressionada como em todos tem atrações para todas as idades. Nossa pequena se divertiu em todos os parques.

As crianças se divertindo no parquinho coberto da Legoland.
As crianças se divertindo no parquinho coberto da Legoland.

Carrinho

Para dar conta dessa maratona compramos carrinhos de bebê para levar os pequenos quando estavam cansados ou quando eles dormiam. E como minha mãe teve uma contusão no joelho 15 dias antes da viagem, alugamos uma cadeira de rodas para ela não forçar o joelho e poder curtir a viagem tranquila. Posso afirmar que os carrinhos fizeram toda a diferença. Eles também nos auxiliavam para carregar nossas mochilas.

Fim da tarde no parque Epcot.
Fim da tarde no parque Epcot.

Compramos os carrinhos no Super Target perto da casa que alugamos em Kissimmee, cidade próxima aos parques da Disney (vou dar as dicas de viagem num próximo post). Pagamos U$ 25 nos carrinho mais simples e U$ 70 em um que reclinava e aguentava até 21kg. A cadeira de rodas é possível alugar na entrada dos parques ou em agência de locação. O valor é em média U$ 15 por dia mais taxa.

Altura mínima

Várias atrações requerem uma altura mínima para a pessoa poder participar e varia entre 40”/102 cm e 44”/112 cm. Então se seu filho está com essa altura (geralmente entre os 4 e 6 anos) vai se divertir muito. Ele poderá ir a quase todos simuladores e algumas montanhas russas bem bacanas. Abaixo de 100 cm é possível ir a atrações como teatros, shows e nos brinquedos estáticos tipo parquinho que todos os parques tem pensando nos pequenos. As montanhas russas mais radicais tem a altura mínima entre 48”/122 cm e 50”/127 cm.

Bianca e a régua que indicava se a criança tinha altura para ir a atração.
Bianca e a régua que indicava se a criança tinha altura para ir a atração.

Meu sobrinho de 4 anos (ele tem exatamente 102 cm) pode ir a várias atrações, mas foi barrado em algumas nas quais os outros meninos de 5 e 6 anos puderam ir. Ele ficou chateado e os pais também, mas aí contornávamos a situação indo logo depois em uma atração que ele pudesse ir.

Sugestão Com Filhos por aí! da melhor idade da criança

Se você está se programando para levar seu filho a Orlando, o que nós da família Com Filhos por aí! sugerimos e ir com ele na faixa etária entre 5 e 9 anos. Afinal de contas, não é uma viagem barata que você e sua família possam ir todos os anos (pelo menos para a maioria dos pobres mortais).

Eu, Henrique e Vitor no brinquedo do Buzz Ligthtyear no parque Magic Kingdom.
Eu, Henrique e Vitor no brinquedo do Buzz Ligthyear no parque Magic Kingdom.

Nossa sugestão se dá baseada em conversa com vários amigos que foram e da nossa própria experiência. Entre 5 e 9 anos, eles tem mais resistência física e a alimentação nos parques é mais tranquila, uma vez que a maioria oferece a preço mais acessível apenas fast food. Muitos tem ainda a magia de ser criança e acreditar em heróis, em princesas e no encanto dos contos de fadas. 

Nessa faixa etária, ele entendem melhor situações como tempo de espera nas filas das atrações, não poderem entrar em alguns brinquedos em razão da altura e que não dá para comprar uma lembrança em cada atração. Na maioria dos brinquedos a saída é em uma loja com produtos relacionados ao tema e a gente fica com vontade de comprar tudo.

Espera na fila para ver os Pinguins no parque Sea World.
Espera na fila para ver os Pinguins no parque Sea World.

Mas não deixe de aproveitar uma oportunidade de levar seu filho a Orlando e aos parque temáticos em razão da idade dele. Com a gente aconteceu assim. Nos pretendíamos ir quando nossa pequena tivesse pelo menos uns 3 anos. Mas meus irmãos e minha mãe combinaram de ir esse ano e nós não íamos ficar de fora. Foi muito legar ir com a família, ver meus filhos se divertindo juntos com os primos, poder me divertir com meus irmãos, meus sobrinhos que são como filhos para mim e todos que estavam conosco.

Já estamos planejando de voltar a Orlando e aos parques temáticos quando Bianca tiver 5 anos e Henrique 9 anos. Ele quer voltar para ir nas montanhas russas de adulto (como ele fala) com a gente. E nós queremos voltar com a Bianca para ela poder aproveitar ainda mais o maravilhoso mundo da Disney.

Pausa para foto com Pica-Pau no parque Island of Adventure.
Pausa para foto com Pica-Pau no parque Island of Adventure.
Avó com os netos na Legoland
Elvira com os netos no dinossauro feito com peças de Lego.
Foto: Com Filhos por aí!

Gostou das dicas? Compartilhe com seus amigos?

E você? Já foi a Disney? Qual a melhor idade para você?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.